Não vos deixeis levar em redor por doutrinas várias e estranhas, porque bom é que o coração se fortifique com graça, e não com alimentos que de nada aproveitaram aos que a eles se entregaram. Hebreus 13:9

Assembléia de Deus
Sede - Maringá / Paraná)

Notícias

15/08/2009 / Notícias

O lugar da mulher

Pr. Robson Brito Jornal A Paz do Senhor

Imagem

"A grande questão que nunca foi respondida e que também não posso responder, apesar dos meus 30 anos de pesquisa sobre a alma feminina é: o que deseja uma mulher?" Quando Sigmund Freud, o pai da psicanálise, disse isso, estava zombando das mulheres. No entanto, apesar dessas brincadeiras, o "sexo forte" reconhece que jamais pode viver sem elas, pois o papel que ocupam é insubstituível.

O papel da mulher Primeiramente, Deus quer que a mulher (e também o homem) seja uma adoradora. Nada e ninguém podem ocupar o primeiro lugar em nossa vida, a não ser o Senhor. Em segundo lugar, sabendo que a família é o núcleo originário dos projetos divinos, o papel principal da mulher é ser adjutora de Deus e do homem na construção e no gerenciamento familiar. Por último, ela pode ser um instrumento divino como uma profissional secular que glorifique o nome do Senhor, mediante a sua relevância na sociedade.

Por causa do pecado do gênero humano e da consequente injustiça social, a mulher cumpre rotina de trabalho fora do lar para ajudar a sustentar a casa. O plano original de Deus, porém, não é que as crianças ficassem oito horas em uma creche, sozinhas em casa ou sob cuidados de outros, longe da fundamental influência materna!

Não há judeu nem grego; não há escravo nem livre; não há homem nem mulher; mas todos vós sois um em Cristo Jesus. GL 3.28

Espiritualmente igual

Ela poderá ainda prestar importante serviço como cooperadora direta na missão universal da igreja. Por meio do Espírito Santo, Paulo afir mou que a mulher é espiri tualmente igual ao homem (Gl 3.28). Por isso, denominou Priscila de cooperadora (Rm 16.3) e declarou que Evódia e Síntique "trabalharam" com ele no Evangelho (Fl 4.3), pois, com certeza, tiveram uma chamada específica para trabalharem para Deus. Hoje, não é diferente: elas podem se dedicar com seus dons naturais e espirituais no serviço ao Senhor.

Respondendo, à pergunta de Freud, a mulher deseja simplesmente ser mulher e ocupar o seu lugar, com toda a sua feminilidade!

O PAPEL PRINCIPAL DA MULHER É SER ADJUTORA DE DEUS E DO HOMEM NA CONSTRUÇÃO E NO GERENCIAMENTO FAMILIAR

© Assembléia de Deus de Maringá. Todos os direitos reservados.
Google+